BLOG WIDEX
Audição Binaural

De quantos aparelhos auditivos necessito?

06-06-2018
28-12-2018

A maioria de nós já sentiu a frustração que é ter um ouvido obstruído e sabe até que ponto isso pode afetar a nossa audição ou mesmo o nosso equilíbrio. Mas a audição não é apenas física. É mais do que isso. Em termos mais simples, precisamos de dois ouvidos para ouvir o mundo à nossa volta. O nosso cérebro está preparado para receber sons de ambos os ouvidos. Ou seja, ouvimos com os nossos ouvidos, mas escutamos e compreendemos com os nossos cérebros.
O que é audição binaural?
Ouvir com ambos os ouvidos designa-se de audição binaural. A audição é um processo complexo e para processar o som, o cérebro usa a informação de dois ouvidos. Informação sobre a intensidade de som e o tempo que este leva a chegar ao ouvido. Com dois ouvidos é mais fácil ouvir os sons que nos rodeiam, distinguir os sons em ambientes ruidosos e compreender melhor a fala. Mais importante ainda, ter os dois ouvidos permitem-nos determinar a localização dos sons. Isto significa que conseguimos determinar a localização exata de um som, mesmo estando longe do ponto de origem. Na maioria das vezes, estes processos complexos ocorrem sem que a gente se dê conta.
Porque é que é importante que eu ouça com ambos os ouvidos?
De acordo com a audiologista clínica Jenny Smith, a audição binaural também fornece uma qualidade de som superior “em termos de clareza, integridade, espacialidade e qualidade geral. A audição binaural permite uma perceção auditiva de um maior número de elementos; o som chega até nós com mais equilíbrio e qualidade.“
Devo ter um aparelho auditivo ou dois?

Apesar de ser natural ouvirmos com os dois ouvidos, para as pessoas com deficiência auditiva os benefícios podem não ser assim tão óbvios. Segundo o Dr. Mark Ross, Professor Emérito de Audiologia na Universidade de Connecticut, nos EUA, nem sempre é fácil persuadir os utilizadores de que dois aparelhos são melhores do que um. Para muitas pessoas, aceitar o simples facto que precisam de um aparelho auditivo já e duro o suficiente. Aceitarem que precisam de um "segundo aparelho auditivo é uma indicação de que o seu problema é ainda mais severo do que receavam,” diz ele. “Quando finalmente aceitam (depois de um período de negação) que precisam de ajuda e se apresentam numa consulta para colocação de um aparelho, acabam por saber que afinal precisam de dois. Por vezes, a notícia é muito desagradável.”

E existem ainda os problemas de ordem física. “A utilização de um aparelho auditivo pode colocar algumas dificuldades, sobretudo para os mais idosos. A utilização de dois parece duplicar as dificuldades e a perceção do estigma”, explica.

A Gestora de Projeto da Widex, Martine Rasmussen, concorda que o estigma é uma questão relevante e que é precisamente por isso que a Widex deve promover as vantagens da audição binaural. “Para certas pessoas, o uso de dois aparelhos auditivos é um indicador de ‘dupla deficiência’. Ainda que não possamos combater esse sentimento, podemos fornecer-lhes dados concretos; podemos informá-los", conclui.

Então, quais são exatamente as vantagens de usar dois aparelhos auditivos? Aqui fica uma descrição geral:

Os benefícios

Audição direcionada: Significa localizar o som vindo de direções distintas.  Quando um inseto voa em torno da nossa cabeça, por exemplo, conseguimos determinar a direção que ele vai seguir, mesmo que mantenhamos os olhos fechados. Isso só é possível porque temos dois ouvidos e um cérebro que nos ajuda a coordenar a informação que nos chega de ambos os lados da cabeça. É mais difícil se só tivermos um ouvido a funcionar. O uso de dois aparelhos auditivos, especialmente de dois aparelhos com comunicação instantânea entre si como o aparelho auditivo Widex DREAM, permite aos utilizadores determinar melhor a localização do som.
Ajuda com o ruído: Ouvir com ambos os ouvidos permite-lhe identificar melhor os sons em ambientes ruidosos. As pessoas com uma audição normal conseguem focar a sua atenção numa determinada voz, isolando-a das demais. Isto é conhecido como o ‘efeito coquetel’ e depende da audição binaural. Com os aparelhos auditivos sem fios, a Widex utiliza a mais recente tecnologia para ajudar o utilizador a focar a sua atenção numa voz específica quando exposto a um ambiente ruidoso ou com muita gente. Otimizadores do Sinal de Fala  filtram o ruído indesejável e focam no falante dominante. Para muitas pessoas, afirma Jenny Smith, “essa é a diferença entre perceber muito pouco de uma conversa e perceber quase tudo”.
Qualidade Sonora: Esta melhora significativamente com a audição binaural.  Afinal, é do senso comum que o som em estéreo é melhor do que em mono. E existe ainda outra vantagem em usar dois aparelhos, como explica Martine Rasmussen. “É aquilo a que chamamos sonoridade binaural,“ afirma. “Significa que não é necessário que o volume sonoro esteja tão elevado, pois o som chegará aos dois ouvidos. Por este motivo, o seu nível de conforto será muito melhor.”

O que é o efeito coquetel?

O efeito coquetel refere-se à capacidade de as pessoas focarem a sua atenção num único falante ou numa conversa em ambiente ruidoso. Por exemplo, se estiver a falar com um amigo no meio de uma festa ruidosa, consegue ouvir e perceber aquilo que ele está a dizer - e ignorar a conversa das outras pessoas que estão por perto. É um pouco como “ouvir atrás de portas”.

O efeito coquetel foi descrito pela primeira vez no início dos anos cinquenta por Colin Cherry, um cientista britânico. Cherry realizou uma série de experiências para determinar a forma como as pessoas ouvem. Na primeira, transmitiu duas mensagens diferentes (proferidas pela mesma pessoa) através de auscultadores colocados em ambos os ouvidos. Em seguida, pediu aos participantes que escrevessem as mensagens que tinham ouvido. Após algum esforço e concentração, as pessoas acabaram por conseguir separar as mensagens uma da outra.

A surpresa chegou com o segundo conjunto de experiências. Os participantes ouviram uma mensagem através do ouvido esquerdo e outra através do ouvido direito (também proferidas pela mesma pessoa). Conseguiram imediatamente separar as duas mensagens e, até mesmo, mudar o seu foco de atenção de uma para a outra.