BLOG WIDEX

5 exemplos de como um Aparelho Auditivo pode melhorar a sua vida

02-03-2021
05-05-2021

O que pensa quando ouve as palavras “aparelho auditivo”? Grande? Feio? Apenas para os idosos?

Pois saiba que, atualmente, os aparelhos auditivos são muito discretos, elegantes, têm tecnologia avançada e um impacto muito positivo na vida de quem os usa.

Eis, pois, alguns exemplos de como os aparelhos auditivos podem contribuir para a qualidade de vida de quem sofre de perda auditiva:



5 exemplos de como um aparelho auditivo pode ter um impacto positivo na sua vida

 

1. Os aparelhos auditivos ajudam a melhorar a sua vida social e os seus relacionamentos

Muitos utilizadores de aparelhos auditivos sentem um impacto muito positivo nos seus relacionamentos quando começam a usar aparelhos auditivos, inclusive no próprio seio familiar.

Pessoas com perda auditiva relatam, frequentemente, que se sentem sós e isoladas por não serem capazes de acompanhar conversas, sobretudo quando estão em ambientes com muitas pessoas.

Mas o cenário muda de figura quando decidem iniciar um processo de reabilitação auditiva e usar aparelhos auditivos. Conseguem voltar a participar nas conversas e voltar a ter uma vida social ativa.

2. Ajudam a abrandar a deterioração da audição

Um aparelho auditivo pode, de facto, abrandar a deterioração da audição. Lembre-se que a perda auditiva não se resume a não poder ouvir sons. Aliás, não é aconselhável reduzir uma questão tão sensível da nossa saúde a um simples consigo ouvir ou não. Existem vários tipos e graus de perda auditiva, sendo que, para cada caso, é necessário o acompanhamento especializado de um audiologista e de um médico otorrino.

Recorde-se que, a partir do momento em que o cérebro deixa de processar determinados sons, é pouco provável que consiga recuperar esses sons novamente. Tal como dita a ciência por trás da frequência da audição humana, por norma, os primeiros sons a desaparecer são os de alta frequência, como, por exemplo, o chilrear dos pássaros.

Por isso, quanto mais cedo experimentar um aparelho auditivo, durante mais tempo o seu cérebro será capaz de interpretar diferentes frequências auditivas.

 

3. Promovem a sua qualidade de vida

Em termos globais, 70% das pessoas que começa a usar aparelhos auditivos sente uma transformação na sua vida e na sua forma de estar. Tornam-se pessoas mais extrovertidas, participativas e interessadas no mundo que as rodeia.

Lembre-se que a perda auditiva não tem impacto apenas em si, mas também nas pessoas que convivem consigo diariamente. É também por isso que quem começa a utilizar aparelhos auditivos sente que a sua qualidade de vida melhora significativamente.

Além disso, importa sublinhar, não são raros os casos em que familiares mais próximos conseguem identificar que quem usa aparelhos auditivos começa a agir de forma mais independente e com mais confiança.

A partir do momento em que começa a ouvir melhor, a sua vida pessoal sai beneficiada, tal como a sua vida profissional e social.

 

4. Mais atento a sons que contribuem para a sua segurança

Sirenes, buzinas ou alarmes são sons que chamam a nossa atenção para situações de emergência e que visam promover a nossa segurança. Ter a capacidade de os ouvir claramente pode ser um fator decisivo para evitar acidentes. Os aparelhos auditivos são, também a este respeito, uma ajuda preciosa.

 

5. Porque a aparência também é importante: os aparelhos auditivos atuais são praticamente invisíveis

Há pessoas que adiam o uso de aparelhos auditivos com receio do impacto na sua aparência e naquilo que familiares e amigos possam, eventualmente, pensar. Ainda assim, aproximadamente 9 em cada 10 pessoas que usa aparelhos auditivos acha que os amigos os aceitam como são.

Importa frisar que a tecnologia dos aparelhos auditivos evoluiu muito nos últimos anos: o som é cada vez mais natural, o ruído é reduzido ao mínimo, há controlo do zumbido e os dispositivos em si são cada vez mais pequenos, discretos e elegantes.

Alguns aparelhos auditivos já se adaptam automaticamente a diferentes ambientes sonoros para que a experiência seja o mais natural possível.

Por isso, na escolha de um aparelho auditivo é importante que considere aquele que se adapte melhor ao seu estilo de vida e ao grau da sua perda auditiva, de forma a que possa tirar o máximo de partido dos seus aparelhos e usufruir de uma vida mais feliz e confortável.