BLOG WIDEX
Dor de ouvido do inverno

Dor de ouvido do inverno: saiba como a pode evitar

01-12-2021
07-10-2022

No inverno, é preciso proteger os ouvidos do frio, da humidade e do vento, sobretudo para evitar as famigeradas dores de ouvido que, por norma, são um indicador de que algo não está bem com a sua saúde auditiva. Neste artigo partilhamos consigo quais os tipos de dores de ouvido e quais os cuidados que deve ter na estação mais fria do ano.


Dor de ouvido: tipos e cuidados a ter

Na maioria dos casos, a dor de ouvido está associada a uma infeção do sistema auditivo, mais conhecida por otite. Existem três tipos:

  • A otite externa, mais predominante no verão e que afeta a parte exterior do sistema auditivo – a orelha e o canal auditivo;
  • A otite interna, mais rara e que resulta de complicações ao nível da cóclea (audição) ou sistema vestibular (equilíbrio) – e por isso podem também resultar em problemas de vertigem (labirintite);
  • A otite média, mais predominante no inverno e mais influenciadas com o sistema respiratório, nomeadamente com as vias aéreas superiores.

Além das otites, infeções causadas por fungos, vírus ou bactérias, a dor de ouvido também pode ter origem em lesões no ouvido, excesso de cerúmen, problemas respiratórios, acumulação de água, problemas na garganta ou em gengivites e dores de dentes.

O que é a otite média?

Este é um tipo de dor de ouvido que, por norma, surge na sequência de outros problemas comuns no inverno. Os principais são aqueles causados por bactérias ou vírus associados a gripes, infeções de garganta, infeções no sistema respiratório e alergias.

Além da dor de ouvido, a otite média manifesta-se através dos seguintes sintomas:

  • Febre;
  • Perda de audição;
  • Ouvido tapado;
  • Vermelhidão e inchaço;
  • Secreção nos ouvidos.

No caso de notar alguns destes sintomas deve consultar de imediato um especialista em saúde auditiva, de forma que lhe possa ser indicado o tratamento mais adequado ao seu caso. Recorde-se que as otites têm cura, mas no caso de serem recorrentes, podem originar consequências mais graves, como a perda da audição.

3 conselhos para evitar a dor de ouvido no inverno

 

Use os acessórios necessários para proteger os ouvidos

A chegada do inverno deve ser motivo de cuidados especiais com a saúde. Um desses cuidados é proteger-se das mudanças bruscas de temperatura. Se frequenta espaços interiores aquecidos, agasalhe-se bem sempre que sair à rua. Além disso, é sempre importante proteger os ouvidos, seja com gorros, cachecóis ou mesmo protetores auriculares.

Tenha particular cuidado com a higiene auditiva

O ouvido é um dos órgãos mais sensíveis do corpo humano e, como tal, exige cuidados específicos. Na sua higiene diária, por exemplo, não tente remover o cerúmen com cotonetes. Isto porque retirar a cera do ouvido com cotonetes pode danificar o canal auditivo e provocar lesões auditivas permanentes. O mais aconselhável é fazer a higiene do ouvido apenas na parte mais externa, retirando o excesso de cerúmen.

Além da higiene do ouvido, importa também não descurar a higiene do trato respiratório, uma vez que a secreção do nariz, comum durante o inverno, pode acumular-se no canal auditivo ou chegar até ao ouvido médio. Nas gripes ou infeções respiratórias garanta que as secreções não se acumulam. Uma boa prática é fazer lavagens nasais com soluções salinas, por exemplo, com regularidade.

Cuide da sua saúde em geral

O nosso último conselho para evitar a dor de ouvido no inverno é nada mais nada menos do que cuidar da saúde em geral! As gripes e infeções surgem nos momentos em que nos encontramos mais frágeis. Portanto, é importante adotar hábitos que fortaleçam o sistema imunológico, nomeadamente:

  • Manter uma alimentação saudável e equilibrada;
  • Manter uma prática de atividade física regular;
  • Tomar a vacina da gripe.

No inverno agasalhe-se, proteja os seus ouvidos e cuide de si. Fazê-lo é cuidar da sua saúde.