BLOG WIDEX

Aparelhos Auditivos: conheça a mais recente tecnologia do mundo

02-03-2021
24-03-2021

A tecnologia dos aparelhos auditivos evoluiu bastante nos últimos anos, o que permitiu também adaptar o design. A partir do momento em que se consegue concentrar um software sofisticado no mínimo espaço possível, os aparelhos auditivos tornaram-se mais pequenos e discretos.

A preocupação estética está presente nos utilizadores de aparelhos auditivos, razão pela qual atualmente eles são cada vez mais discretos e personalizáveis. O utilizador pode optar por um Aparelho Auditivo com uma cor semelhante à do cabelo, por exemplo e torná-lo assim praticamente invisível.

A evolução tecnológica dos aparelhos auditivos

Vários estudos demonstram que 90 a 95% dos indivíduos com perda auditiva sentiram uma melhoria acentuada na sua capacidade auditiva e na qualidade de vida em geral. Com a população a envelhecer e a esperança média de vida a aumentar, há também cada vez mais pessoas a necessitar de aparelhos auditivos para manterem uma boa comunicação e qualidade de vida. É, por isso, natural que esta tecnologia tenha tido uma evolução tecnológica bastante rápida. Os fabricantes apostam cada vez mais na investigação, para garantir ao utilizador a experiência mais confortável e natural possível.

Atualmente “vestir tecnologia” já não é um conceito assim tão estranho. Existem no mercado várias tecnologias que nos ajudam diariamente na nossa saúde e bem-estar: capacetes de bicicleta que registam os km percorridos e calorias gastas; relógios de pulso que monitorizam os passos que damos, calorias gastas, batimentos cardíacos; e, claro, aparelhos auditivos que memorizam as preferências dos utilizadores, registam a utilização diária, dispõe de programas ajustados a diferentes ambientes sonoros, etc. 

 

Miniaturização da tecnologia

A miniaturização da tecnologia é claramente uma tendência de mercado. Começou por ser mais notória nos telemóveis e computadores e é agora bastante evidente nas tecnologias de saúde e bem-estar. No caso concreto dos Aparelhos Auditivos esta miniaturização trouxe a possibilidade de criar modelos mais discretos e ergonómicos, ultrapassando assim a resistência de alguns utilizadores quanto às questões estéticas.

Com dispositivos mais pequenos, especialmente os aparelhos auditivos ITE (In the Ear), a tecnologia é incrivelmente pequena e os aparelhos auditivos CIC (Completely in Canal) requerem um processo de moldagem personalizado, que também faz com que sejam bastante discretos.

Para dispositivos que ficam fora da orelha, o tubo transparente, agora mais fino que nunca, é apenas visível se estivermos muito próximos do utilizador. Para além das questões estéticas, os avanços tecnológicos trouxeram inúmeras vantagens aos utilizadores de aparelhos auditivos: conectividade; controlo total através de aplicações para telemóvel; autonomia (opções recarregáveis); som mais puro e natural, etc.