BLOG WIDEX

5 razões para testar a sua audição

30-07-2020
30-07-2020

5 razões para testar a sua audição

 

A audição é o único dos nossos cinco sentidos que está sempre a funcionar, e, no entanto, a mais negligenciada, pois muitas vezes é dada como certa.

Perceber que se tem um problema auditivo é um processo que pode demorar alguns anos e ainda mais tempo para reconhecer e aceitar esse problema. É por essa razão, que quando se trata de cuidar da saúde auditiva, a prevenção é extremamente importante.

Assim como deve consultar um oftalmologista a cada 2 anos e visitar o dentista a cada 6 meses, os profissionais de saúde auditiva recomendam que teste a sua audição a cada 2 anos (ou todos os anos a partir dos 60 anos).

Testes auditivos regulares podem ajudar a identificar alterações na sua audição e a traçar diagnósticos precoces - o que significa que pode receber o tratamento adequado antes de um eventual problema evoluir. Abaixo, listamos cinco grandes razões para testar sua audição:

 

1. A perda auditiva afeta todas as áreas da sua vida

 Sabemos de antemão que os nossos cinco sentidos nos mantêm conectados com o mundo, uma vez que nos permitem estabelecer relações com outras pessoas, mas 

também a gerar perceções da realidade em que vivemos. A possibilidade de perder um desses sentidos pode ser uma experiência assustadora e, não raras vezes, muito solitária.

Se sofre de perda auditiva, é natural que sinta que a sua vida vai mudando dia após dia. Além dos estímulos sensoriais que lhe vão escapando e que afetam a sua qualidade de vida, há um lado emocional que também não deve ser menosprezado.

Queremos com isto dizer que o simples facto de não poder interagir devidamente com a sua família e amigos, poder ouvir as músicas e os programas televisivos que mais gosta ou, por exemplo, ir à praia e não poder ouvir as ondas a bater contra a costa, pode gerar sentimentos de ansiedade e de angústia.

 

2. A perda auditiva pode afetar a sua saúde e bem-estar

 

Num cenário de perda auditiva, o seu cérebro começa a focar toda a sua energia na simples tarefa de ouvir - tornando situações comuns como, por exemplo, acompanhar uma conversa, muito mais cansativas. Isto porque o cérebro tem de trabalhar mais para tentar decifrar o que está a ser dito. Este tipo de situação pode levá-lo à exaustão e começar a afetar sua capacidade de se recordar de detalhes.

A perda auditiva não tratada também já foi associada a um maior risco de desenvolver demência - um estudo recente demonstrou que o risco é cinco vezes superior em pessoas com perda auditiva grave.

Além disto, tem sido associada a um maior risco de sofrer de depressão e de se tornar dependente de outras pessoas. Aqueles que recebem tratamento para a perda auditiva, por outro lado, têm uma maior probabilidade de não desenvolver esses problemas de saúde.

 

3. Pode nem sequer saber que tem uma perda auditiva

Como referido anteriormente, a perda auditiva é um processo lento e longo. Pode não perceber que padece dela ou pode inclusive entrar num estado de negação que em nada contribui para resolver o problema. Na maior parte dos casos, o incentivo para fazer um teste de audição até parte da família e dos amigos. Importa aceitar os conselhos das pessoas que lhe são mais próximas, pois só lhes interessa o seu bem-estar.

Por isso, independentemente do grau da sua perda auditiva, tenha em mente que um teste auditivo pode dar-lhe respostas definitivas, mas sobretudo ajudá-lo a recuperar a sua tranquilidade - ao iniciar uma jornada para recuperar tudo o que a sua perda auditiva retirou da sua vida.

 

4. A identificação precoce da perda auditiva promove e aumenta a sua qualidade de vida

Quanto mais cedo for detetada a sua perda auditiva, mais cedo o seu profissional de saúde auditiva poderá começar a tratá-lo e, por conseguinte, mais cedo poderá começar a desfrutar de uma melhor qualidade de vida.

Uma pesquisa realizada a pessoas que usam aparelhos auditivos constatou que 71% dessas pessoas acredita que deveria ter começado a usar o seu aparelho auditivo mais cedo, uma vez que verificaram melhorias significativas na sua vida 

social, saúde mental e emocional e desempenho no trabalho, entre outros benefícios.

 

5. A perda auditiva é mais comum do que se imagina 

A perda auditiva pode ser causada por uma variedade de fatores – pode fazer parte do processo natural de envelhecimento ou causada pela exposição a altos níveis de ruído por longos períodos de tempo. Seja qual for a causa, não há realmente nenhuma razão para se sentir envergonhado de ter uma perda auditiva.

Então, por que espera? Marque uma consulta ainda hoje com um especialista em saúde auditiva – na Widex oferecemos uma avaliação inicial gratuita, por isso, não tem nada a perder!

Marque já uma avaliação à sua audição AQUI